O que fazer para se manter motivado para aprender inglês?

O desânimo é nosso pior inimigo ao aprender outro idioma. Saiba o que fazer para se manter motivado.

No último post, falei sobre como começar a estudar inglês só. O que fazer e como fazer para dar esse primeiro passo nessa jornada.

Se você gosta de aprender idiomas, qualquer situação que te proporcione um contato mínimo que seja, é motivo de alegria. Quando não gosta ou não tem aquela paixão por falar outras línguas, mas sabe que é importante e precisa aprender, começa a complicar um pouco sua trajetória. Iniciar o aprendizado em outro idioma, independente de qual seja, é fácil, o difícil é se manter nessa rotina por muito tempo.

Estudar em um curso e manter-se até fim do semestre ou fim do ano é um tormento. Muitas vezes, abandona-se o curso antes desse prazo acabar e ter disciplina para estudar só, é ainda pior. Qualquer coisa nova em sua rotina tira seu foco e você desmotiva, como um novo curso, que você precisa se dedicar, entra em sua rotina; começa a semana de provas na faculdade; precisa ter vida social… enfim, se manter motivado aprendendo outro idioma é complicado.

Então como continuar sempre ávido com o aprendizado de uma segunda língua? Bem, para explicar isso, vou compartilhar minha própria experiência.

Plano que não deu certo

Eu nasci e cresci em uma cidade onde o contato com estrangeiros é quase zero, mas eu sempre quis ser fluente em inglês. Então, minhas principais fontes de contato eram jogos, filmes e músicas. Essa última, os 15 anos, se tornou mais presente que minhas outras fontes de estudo, além de tudo no universo musical, como assistir as entrevistas dos artistas que eu gostava no YouTube ou em seus DVDs e praticar muito guitarra com as vídeoaulas que eu tinha acesso dos guitarristas que admirava.

Nessa idade, fiz parte de uma banda de heavy metal e o objetivo que meus companheiros e eu queríamos alcançar era fazer uma turnê internacional. Por anos, meu estudo de inglês foi intenso devido a esse grande sonho. Parecia impossível de ser realizado, mas eu sempre tive em mente que se acontecesse, eu estaria pronto para me virar durante a tour. Infelizmente, a banda acabou e a turnê não aconteceu, porém, eu tinha um objetivo, que me manteve motivado, praticar e falar sozinho, simular situações, aprender a escutar e me fazer ter o nível de inglês que tenho hoje.

Encontre um objetivo

Não comece um curso simplesmente por começar. Você vai para faculdade, por exemplo, por vários motivos: passar em um concurso; se tornar o profissional que sonha ser; conseguir um grau superior simplesmente por querer ter um, não importa a razão, você tem um objetivo concreto que te impulsiona a ir todo dia a estar lá.

Faça uma reflexão

Pergunte a si mesmo, qual o motivo que te leva a aprender outro idioma? É algo relevante para mim? Onde quero chegar falando inglês, francês, alemão, mandarim? Uma vez que seu objetivo esteja determinado e que ele seja um grande plano, como mudar de país, trabalhar naquela multinacional que você sonha, viajar sem depender de terceiros, seu aprendizado fluirá melhor e se desmotivar não será mais um problema.

Vamos exercitar esse mindset(mentalidade) um pouco, para fazer você se manter motivado. Diga-me, quais são seus planos e objetivos que te motivam a começar a aprender outra língua? Onde você quer que esse idioma novo te leve daqui a 10 anos?

Espero ter ajudado e vamos estudar.

Um forte abraço

Como e por onde começar a aprender inglês sozinho

Está em dúvida de como e por onde começar a aprender inglês sozinho? Vamos tirar essa dúvida agora

Mais um ano começa e com ele vem novas promessas e metas. Para muitos, aprender inglês é uma delas.

Você não tem tempo de ir a uma escola de inglês, responsabilidades como trabalho e/ou faculdade não te permitem iniciar um curso, mensalidade pesa um pouco no orçamento, mas está decidido a aprender inglês.

Você quer crescer profissionalmente, trabalhar ou estudar em outros países, viajar sem depender dos outros ou simplesmente realizar o sonho de aprender outra língua.

E aí? Por onde começar e o que fazer? Vamos ver um pequeno guia de como começar essa jornada.

Dê atenção primeiro aos detalhes

Primeiramente, para aprender qualquer idioma, você deve viver e respirar a língua alvo. Para começar, mude o idioma dos seus dispositivos para inglês. Smartphones, Tablets, leitores de e-books como Kindle, consoles, TVs, Blu-Rays ou DVD Players, todos são válidos. Você vai utilizar dispositivos que já tem costume e começar a associar as primeiras palavras e sentenças.

Aprenda a gostar do idioma

Não vivemos só de dispositivos eletrônicos, então temos que começar a adicionar o idioma gradativamente no nosso cotidiano. Caso você não goste, comece adicionando inglês às coisas que você tem interesse. Assistir filmes e séries, ler livros, escutar músicas, jogar video games em inglês, assistir vídeo no YouTube é um ótimo início.

Entenda o material que você tem contato

Assistir um filme em inglês sem entender nada de inglês, é no mínimo frustrante e, se você não gosta de inglês, vai te causar mais aversão ainda. Você até aprende assistindo filmes sem legenda, mas o processo é lento, então para “hackear” esse processo, assista filmes legendados. Comece assistindo filmes em português e depois assista de novo em inglês com legendas em inglês também. Assim você irá associar os sons das sentenças com o que está sendo dito.

Se você não tiver paciência de assistir o mesmo filme várias vezes, não force. Mude a estratégia. Assista séries, onde os episódios têm menor duração e, se mesmo assim, for muito tempo para você, assista vídeos legendados no YouTube. Fazendo uma busca refinada, você consegue encontrar vídeos com legendas tanto em Pt-Br quanto En. Por falar nisso, aproveitar o momento para fazer um merchandising: curta meu canal no YouTube, lá você vai encontrar dica legais para quem está começando.

Escute e entenda primeiro

Todos ficam loucos para aprender a falar, mas se esquecem (e na grande maioria das vezes, nem percebemos isso) que mais importante que falar, é entender. Se você até consegue montar sentenças complexas, mas não entende o que te falam, você tem uma questão a ser resolvida. Entender é a chave de tudo. Uma vez que você entenda o que te falam, até na mímica, você se vira.

Conheço várias pessoas que aprenderam frases prontas, mas quando tiveram a oportunidade de falar com um estrangeiro e o mesmo falou algo que fugisse do padrão aprendido, elas ficavam perdidas, sem saber como guiar a conversa. Então, treine a escuta. Escute a mesma coisa várias vezes e entenda o que você está aprendendo.

Absorva o máximo possível

Vamos refletir sobre nosso dia-a-dia, como fluentes em português.  Nós, fluentes em português, escutamos, lemos e entendemos português e eventualmente utilizamos a fala ou escrita. Proporcionalmente, nós recebemos mais informação no português do que produzimos. Esse é o processo natural da fala. Então, no início do processo, priorize entender antes de sair falando.

Recapitulando

Ao começar a aprender outro idioma, foque em captar e entender o máximo possível dele. Torne-o parte do seu dia-a-dia. Divirta-se. Em alguns momentos, temos que passar por situações pouco confortáveis, mas divirta-se no seu aprendizado e viva o inglês.

E você? Tá se preparando para começar a aprender inglês sozinho? Me conte como está sendo sua rotina de aprendizado e quais são as suas dúvidas

Espero ter ajudado e um forte abraço.

Olá, mundo!

Bem-vindo ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a escrever!